Consciência Cativa

Por Tim Challies

Erro em doutrina é sempre pecado? É uma pergunta que tenho refletido no passado e acho que vale muito considerar, mesmo que por pouco tempo. Embora pareça uma questão  insignificante, uma questão mesquinha. Penso que é uma questão de alguma consequência, uma vez que haverá, necessariamente, impacto no meu relacionamento com colegas cristãos que discordam de mim em questões secundárias. Se acreditasse que um amigo estivesse errado por ser pedobatista, tentaria mostrar seu erro para que ele viesse a a se arrepender e corrigir o erro. Mas se  creio que tal coisa é algo menor que pecado, posso apreciar sua convicção, ao passo que não sinto necessidade de enfatizar arrependimento e correção. Você  vê a diferença que há? Um entendimento me compele a enfatizar a correção, enquanto outro me leva a buscar a unidade.

Agora, é óbvio, que há situações em que as diferenças em doutrina refletem pecado. Alguém que ensine que Jesus é qualquer coisa menos que Deus, está a ensinar uma heresia cismática terrível, pura e simples. Uma pessoa que ensina que a homossexualidade é um  estilo de vida legítimo que a Bíblia não a condena, está da mesma maneira ensinando um erro grave, erro que pode ser facilmente provado pela Bíblia. Mas o que sucede quando o erro lida com questões de menores consequências? O que acontece quando um professor prega um sermão defendendo o batismo dos adultos, enquanto outra prega um sermão defendendo o batismo infantil? Obviamente, um dos dois deve está errado. Mas este professor comete pecado? Ou pense quando o assunto é escatologia, quando dois homens tementes a Deus  tem entendimento diferente a respeito dos fins dos tempos. Quando eles ensinam suas conclusões diferentes, é uma delas na realidade pecado?

Há três princípios que tenho encontrado úteis e relevantes enquanto penso sobre este assunto.

Primeiro: É claro,  independente  do  erro em doutrina ser sempre ou não pecado, erro em doutrina sempre é consequência de pecado. Quando o Senhor voltar e nos levar com Ele para o céu, não haverá mais desacordos doutrinários. Discordâncias sobre batismo, escatologia, serão postos de lado para sempre. Estamos todos ansiosos por este dia.

Segundo: Há certas consequências do pecado pelas quais não seremos julgados. Por exemplo: Uma doença que incapacita por um dia ou por uma vida inteira, é uma consequência do pecado, mas Deus não nos torna responsáveis por doenças nem mesmo nos mantem presos culpados moralmente por causa delas. Se não houvesse pecado no mundo não haveria doenças. O garoto que nasceu com deficiência mental sofre a vida inteira a consequência do pecado, mas Deus não o tem por culpado. Então, podemos  sofrer consequências do pecado sem estarmos sendo punidos por ele.

Terceiro: Deus deu a cada um de nós uma consciência e parece que a consciência só é necessária se há coisas tais como tempos em que nós precisamos fazer uma reflexão e  julgamento, em vez de se fiar no que achamos  estar perfeitamente claro nas Escrituras. Enquanto eu estou convencido de que a Bíblia é tão clara como deve ser para nós a entendermos, o raciocínio humano foi tão incapacitado por nossa queda no pecado que nós estamos propensos a fazer uma bagunça com as coisas, trazendo confusão onde antes era clareza. E é aqui, na questão da consciência, que eu tenho uma pausa mais longa. A Bíblia nos diz que precisamos ter cautela com a consciência e que violá-la é cometer pecado.

É claro que a consciência se desenvolve à medida que crescemos em santidade e  aprendemos a ouvir com cuidado a Palavra de Deus. John MacArthur diz: “Quando vivemos no Espírito, andamos no Espírito  e obedecemos ao Espírito,  podemos confiar em nossa consciência, pois está sob o controle divino. O Espírito perfeito irá nos sugerindo(instigando) quer elogiando ou condenando o que fazemos ou planejamos fazer.” Mas, ainda assim, dois homens que dedicaram uma vida inteira para humildemente estudar a Escritura pode chegar a conclusões radicalmente diferentes. E Deus chama esses dois homens a ter cuidado com a consciência. Isto me leva a pensar que Deus,  em Sua soberania, decretou que algumas consequências do pecado devem ser tratadas segundo a consciência e que Deus não responsabilizará as pessoas( ou tê-las como culpadas) porque elas estão com suas consciências baseadas nas Escrituras. Uma das mais famosas frases de Lutero  é “Minha consciência é cativa da  Palavra de Deus”.  Se há algo por que devemos lutar este algo é o que a Bíblia ordena. Nisto  Deus permitiria  que na hora de  discordarmos – onde a Palavra estiver obscura –  não seria o tempo de  tomar cuidado com a consciência?

Realmente isso é o tanto que fui capaz de ir nessa questão. Sou encorajado a ver os cristãos se unindo através de  linhas que outrora eram consideradas intransponíveis. Together for the Gospel(Estados Unidos)  é um excelente exemplo de líderes cristãos dispostos e ansiosos para pôr de lado as diferenças secundárias por causa do evangelho. Embora eles discordem em muitos pontos da doutrina e mesmo muitos pontos muito importantes da doutrina, todos eles  para agarrar o que mais importa – a mensagem do evangelho. Esta seria uma linha demasiadamente grande para cruzar, mas dentro dela há a oportunidade de praticar a humildade e a fraternidade. Eles estão juntos não para condenar, nem discutir, mas para afirmar o elo comum da unidade do evangelho.Apesar de nunca subestimar as diferenças, nem de procurar anular a consciência do outro. E isto, penso eu, é  como Deus quer que sejamos, apenas  um aperitivo do que  é maior, a mais completa, a perfeita unidade que virá.

http://www.challies.com/christian-living/a-captive-conscience

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s