Por Que Sou Calvinista (e Muitos Outros Cristãos, Também)

Por Kevin DeYoung

As duas coisas mais importantes que você deve saber sobre a ascensão do novo calvinismo é: ele não é novidade nem diz respeito a Calvino. Naturalmente, algumas conferências são novas, John Piper para Ipod é novidade. Os novos e repentinos blogs Reformados, também. As ideias, porém, não são. “Por favor, Deus, não deixe o movimento  jovem resoluto Reformado ser outro historicamente ignorante, egoísta, indiferente.”

E enquanto oro:” Por favor  Deus,  não deixe o novo calvinismo jamais, jamais ser sobre o novo calvinismo”. Não me entenda mal, eu não tenho medo de ser chamado de calvinista. Tenho lido as Institutas várias vezes, a maioria dos comentários de Calvino, fui eleito por meus colegas de seminário o clone de Calvino. Agradeço a Deus por Calvino. Todavia, se o novo calvinismo é para continuar como obra de Deus, o qual eu penso que vem sendo, deve continuar a ser sobre Deus. Jovens cristãos têm se voltado ao calvinismo não por que eles estavam olhando para Calvino ou um “ismo”, antes porque estavam se dirigindo a uma visão de grandeza, glória, de modo a cair diante dEle como morto O Deus que nos ama, porquanto assim Ele deseja.

A influência do calvinismo está crescendo porque Deus é transcendente e sua teologia é verdadeira. Num dia quando “for melhor” o moralismo estará fora de moda e dará lugar a pregação, a vã auto-ajuda ficará obsoleta e dará lugar ao aconselhamento e a música do tipo “Jesus é meu amante” ficará antiquada na adoração de muitas igrejas. Mais e mais pessoas estão encontrando conforto em um Deus que não é nada confortável. O paradoxo do calvinismo é que nos sentimos melhor quando nos sentimos piores a respeito de nós mesmos. Fazemos mais por Deus porque vemos que Ele fez tudo por nós  e oferecemos nosso amor distante mais livremente quando descobrimos que temos sido salvos pela graça livre.

Gosto de pensar que somos calvinistas porque vemos na Bíblia, um Deus que é santo, independente e diferente de nós. Estamos felizes com a benevolência de Deus, que ele tenha salvo pecadores infratores, inclinados para o mal em todas suas faculdades, motivo de Sua justa ira. Regozijamo-nos no amor eletivo de Deus, o qual Ele propôs para nós antes do começo das eras. Somos gratos pelo poder de Deus e pelo que Ele nos fez, sem nossa cooperação, ao nascermos de novo, habilitando-nos a crer nas Suas promessas. Nos apropriamos de todo conforto divino – incluindo, providência, nada acontece de modo fortuito, mas todas as coisas – prosperidade ou pobreza, saúde ou doença, ganho ou perda – são enviados para nós pelo nosso amoroso Pai Celestial.

Como Cristãos e Calvinistas, louvamos a Deus por Sua misericórdia, manifesta para nós principalmente na cruz onde Seu Filho morreu. Não apenas para fazer o caminho para irmos até Ele. Mas de forma a nos tornar real que nossos pecados, nossa culpa, e toda nossa punição morreram na morte de Cristo. Encontramos nossa segurança na graça preservadora de Deus, crendo com todas as nossas forças que nada – nem mesmo nós – poderá nos separar do amor de Deus em Cristo Jesus nosso Senhor. Nos deleitamos na glória de Deus  e no deleite de Deus por Sua glória, a qual nos traz, em nossos melhores dias, gozo inefável, e em todos os outros dias, ainda nos dá propósito e tino para um mundo aparentemente em mudança e confuso.

O que leva as pessoas à teologia Reformada é a crença de que Deus é o centro do universo e não nós, somos pecadores perdidos mais do que podemos imaginar e Deus é o grande salvador que jamais pensaríamos ser possível. De tal maneira que o Senhor é a nossa justiça e somente o Senhor é o nosso orgulho.

A atração do novo calvinismo não é Calvino, mas o Deus de quem Calvino disse: não é alguma nova moda, mas algo antigo com nova vida soprada pelo Espírito de Deus.

http://thegospelcoalition.org/blogs/kevindeyoung/2009/05/13/why-i-am-calvinist-and-lot-of-other/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s