Miscelânia # 02

Talvez você ache que a historinha acima é fora de propósito. Mas garanto você, no mínimo, se divertiu.

Ultimamente, ando estudando para concursos, parei mais uma vez a leitura das Institutas…sniff. Mas é por uma boa causa, quero ter mais dinheiro para comprar meus livros. Quanto aos textos da série do Driscoll, baseadas no seu novo livro Doctrine, estão saindo aos poucos.  Quanto ao meu blog no blogspot, não sei onde está a senha…hehehe.

O Supremo Concílio da IPB decidiu não considerar as igreja Universal e Mundial como evangélicas. Parabéns, até que enfim um órgão sério tomou a decisão que lhe cabe. Eles nunca foram evangélicos. Muitas vezes penso que seria melhor se reunir por algum motivo social com católicos éticos do que com ditos evangélicos não éticos. Mas eles nunca foram evangélicos. Se alguma vez se disseram evangélicos, foi apenas para pegar uma carona na imagem evangélica, que apesar de tão arranhada, sobretudo por estes, ainda tem certo grau de credibilidade. A prova é tamanha que o acusado de mandar matar Eliza Samúdio, Bruno se disse evangélico quando perguntado sua religião. Isto prova que há ainda uma certa credibilidade quando uma pessoa se diz evangélica, por isso que abusam…

Hoje, um amigo me perguntou se ainda estou sem ir à igreja, respondi positivamente. O pior é que está na moda. Ainda a pouco estava na livraria, ao lado de um casal que estava comprando para o filho, a pedido dele, o livro Por Que Você Não Quer Mais Ir à Igreja, fico enojado dessas maneiras de pensar a igreja. Estou sem me congregar já faz algum tempo, a IPB poderá ser a minha futura denominação, sei que não é perfeita, mas segundo sei, o melhor dos mundos. E não se sinta culpado que não concordar comigo.

A igreja Presbiteriana, ao meu ver, é a denominação que mais se enquadra nos meus conceitos, nas minha crenças bíblicas: sou pedobatista, aliancista, conservador, calvinista, quase amilenista e considero a CFW um primor de confissão de fé, então, a única coisa que eu não estou muito certo é quanto ao governo de igreja, eu me sinto mais a favor do congregacional, mas ainda assim o presbiteriano não é tão mal assim, no entanto, não é desse jeito que se julga, o problema é qual é o mais bíblico, nisso eu não tenho opinião formada.

Em outubro de 2011, haverá, se Deus quiser, a Conferência Fiel, um dos pregadores será John Piper, estou me organizando desde já para que eu possa estar lá. Sempre quis ir, mas nunca deu certo. Eleições, por favor, pessoal, vamos votar pela democracia, alternância de poder.

E uma citação para terminar: “Para ser verdadeiramente Reformado, tem de ser católico, bíblico, evangélico e ortodoxo.” Robert Letham – The Trinity

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: